23 setembro 2018

Série: Como cuidar das roupas - Lavagem (parte 1)

Sabia que tem alguns truques para lavar as roupas que ajuda a mantê-las novas por mais tempo? Tem muita gente que acha que sabe lavar roupa, mas que comete erros graves e diminuem o tempo de vida útil das peças.

Aqui no blog já dei dicas de como cuidar das roupas para elas durarem mais. Agora vamos começar uma série mais detalhada com vídeo sobre todo o processo de cuidado com as roupas: a lavagem, forma certa de pendurar, passar e como guardar. Esse é o primeiro passo a passo da série, espero que gostem e que ajude vocês!

Conferir etiquetas
Antes de começar qualquer um dos processos, e talvez até mesmo antes da compra da roupa, é importante verificar as etiquetas, isso porque é lá que você vai identificar o tipo de tecido, se é daqueles que amassam muito, se precisa lavar à mão ou na lavanderia, enfim, isso pode te ajudar a não investir em algo que vai te dar muito trabalho depois.
No caso de você já ter a peça, evite cortar as etiquetas, ou monte um caderninho como índice para não ter dúvidas, mas sempre confira antes de misturar com outras peças que tenham cuidados diferentes.
Muita gente não sabe identificar o que significa cada símbolo nas etiquetas, vou mostrar pra vocês que é bem fácil e vou deixar aqui um mapa geral para não ter mais erro!

O balde indica a lavagem. Se tiver o X é que não pode lavar com água. A mãozinha indica que deve ser lavado à mão e os que contêm temperatura é o máximo que a peça suporta. Alguns baldes aparecem com risquinho embaixo, isso quer dizer que a roupa é delicada e não pode bater muito na máquina, deve usar ciclo delicado.

O circulo indica lavagem a seco, que só podem ser feitas em lavanderias especializadas. Essa indicação é importante na lavanderia, pois há mais de um tipo de solvente que pode ser usado. É importante ficar atento a esse detalhe para não lavar em casa normalmente e estragar a peça.












O triângulo é o símbolo de alvejante, isso quer dizer se você pode ou não usar produtos com cloro, como a cândida ou lixivia aqui em Portugal. Esses produtos mancham as roupas e depois não tem como recuperar.

Já o quadrado é o símbolo para a secagem das roupas. Se tiver um circulo dentro do quadrado indica que pode secar no tambor da máquina em rotação, se tiver pontinhos no meio indica a temperatura da secagem em máquinas secadoras e se tiver o X indica que não pode secar em tambor ou secadora, só no varal. Algumas etiquetas até indica se pode ser penduradas ou se devem secar na horizontal, se deve ser à sombra, etc.

E por último o ferro indica sobre passar. Algumas peças não podem ser passadas, outras não devem ser passadas à vapor. No caso de poder passar, tem que observar a temperatura certa, que é diferente para cada tipo de tecido. Vamos falar disso no próximo vídeo da série!

Nem toda roupa precisa ser lavada
Já falei aqui sobre a sustentabilidade no cuidado com as roupas. Se você usar alguma peça e não sujar ou suar, pode repeti-la mais de uma vez antes de lavar. Deixe ventilado e guarde separada para lembrar de repetir depois. Isso aumenta a durabilidade das peças e também ajuda o meio ambiente, pois você gastará menos água, energia e produtos.

Limpar a máquina de lavar
Lembre que sua máquina também precisa de cuidados para não estragar as roupas. Faça uma limpeza regularmente nela. Confira o vídeo que já ensinei aqui sobre como limpar as máquinas de lavar.

Separe as roupas por cores e por ciclo de lavagem
Eu gosto de separar as cores em 3 classes: brancas, claras (cinzas e cores clarinhas) e escuras (preto, vermelho, azul marinho, verde escuro). Junto o máximo dentro de cada classe e só depois ponho na máquina. Se não conseguir juntar muitas peças do mesmo grupo, lavo na mão para a roupa não ficar muito tempo esperando para ser lavada.

Já quanto ao ciclo, roupas muito pesadas não devem ser lavadas com roupas delicadas, pois podem danifica-las. As roupas pesadas também exigem uma batida e centrifuga diferentes, por isso é importante essa verificação.

Procure conhecer sua máquina, verifique o manual para fazer bom uso de todos os recursos que ela possuí.

Toalhas, roupas de cama, panos de limpeza, panos de cozinha, devem ser lavados separadamente das nossas roupas! Lave toalha com toalha, roupa de cama com roupa de cama, e assim por diante.

Quantidade de roupas na máquina
Junte o máximo de peças possíveis para economizar água e energia, mas nunca sobrecarregue a máquina. Se ela estiver muito cheia não vai fazer a lavagem adequada das roupas. E mesmo que sua máquina seja de 10kg não lave toda essa quantidade se você não tem espaço suficiente para pendurar depois.

Como colocar na máquina
Verifique bolsos antes de colocar na máquina. Feche zipers e botões, pois evita que as peças deformem e vire as roupas do avesso, pois ajuda a não desbotar tão rápido e nem criar bolinhas com o atrito.

As roupas delicadas também podem ser coladas em saquinhos para não enroscar com as outras peças.

Sutiãs também devem ser lavados em cestinhos próprios, como esse meu, ou aqueles que são uma bolinha de plástico. Existe também esse modelo que já vem dentro da máquina. É super prático e evita que o bojo deforme.

Sabão, amaciante e pré-lavagem
Prefira o sabão líquido, pois não deixa manchas e use pouco sabão. Para uma máquina de 6kg a 7kg uma tampa é mais que suficiente, se for sabão concentrado rende ainda mais. Muito sabão deixa a roupa endurecida, exige mais enxague, isso estraga a roupa e gasta mais água.

Se a roupa estiver muito suja, ou com manchas, faça o tratamento na pré-lavagem. No vídeo mostrei minha misturinha de vinagre com bicarbonato que funciona como um Vanish natural.

O amaciante também é essencial para facilitar na hora de passar. Você também pode substituir pelo vinagre branco.

Lavagem em água fria
Prefira lavar as roupas em água fria. Mesmo que elas suportem água mais quente você pode misturar mais de um tipo de peça que não vai ter problema de estragar por causa da temperatura. Lavar sempre com água quente desgasta mais rápido o tecido e também desbota.

Tire logo as peças da máquina.
Não deixe as peças muito tempo de molho, no máximo 1h. Assim que a máquina desligar já retire as peças e pendure para não ficarem fedidas e nem muito amassadas.

Qual máquina escolher?
Se você está querendo investir em uma máquina, prefira as de abertura frontal (front load). Sei que no Brasil a mais comum é a de abertura por cima (top load), pois elas são mais baratas. Eu já tive as duas e vou falar algumas vantagens.

A vantagem da máquina de abertura por cima é que você não precisa abaixar para pegar as roupas e você pode interromper o processo para colocar produtos, etc.  Em termos de economia, a máquina de abertura frontal é muito melhor!  Pelo tambor ser deitado exige bem menos água para a lavagem e como ela não tem aquelas pás também gera menos atrito nas roupas, o que faz elas durarem mais tempo.

A de abertura frontal também tem lavagem em água quente e algumas são combinadas com secadora, mas mesmo que seja só lavadora já compensa. Além disso elas ocupam menos espaço, pois você pode usa-las embaixo de um balcão aproveitando a parte de cima!

Faça uma análise do seu cotidiano e veja qual tem melhor custo benefício para você!

Tem alguma dessas dicas que você não pratica? Já aconteceu algum acidente com suas roupas por causa disso? Compartilhe aqui!

No próximo vídeo veremos como pendurar e passar, não perca!

“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras jamais passarão". Mateus 24:35
“Esta palavra é fiel e digna de toda a aceitação; 1 Timóteo 4:9

Nenhum comentário:

Postar um comentário