16 fevereiro 2020

Como pendurar quadros na parede sem medo de errar

Eu sempre quis ter uma parede de quadros, mas tinha medo de furar as paredes principalmente por ser casa alugada. Recentemente passei por uma nova mudança e dessa vez decidi arriscar e realizar meu sonho, então gravei todas as dicas que você precisa saber pra montar a sua, se esse também for seu desejo!



Como escolher as molduras e as imagens
Não há uma regra. Você pode mesclar tamanhos e cores e até outros objetos como pratos, espelhos, letras, cabeças de animais, etc. Pode ser tudo em preto e branco, pode misturar gravuras, ilustrações, frases e fotos, enfim, as possibilidades são muitas. Tudo depende do seu estilo e gosto pessoal.

Outro item que pode mudar nos seus quadros é o paspatur. Trata-se de um pedaço de papel cartão que fica em volta da foto e serve de decoração adicional e, em alguns casos, para não deixar a arte encostar no vidro. Algumas molduras já vem com paspatur, e você fica com as duas opções, senão você mesmo pode criar o seu. Pode colocar uma foto menor com a margem do paspatur, ou usar todo o espaço da moldura para uma foto maior.

Eu escolhi molduras de madeira e branca, tudo mais neutro, já que quero misturar fotos com outras artes mais coloridas.
Composição de quadros







Se quiser compor sua parede com outros objetos além dos quadros, tem dois DIY que ensinei aqui no blog bem legais: cabeças de animais usando canudos e arte usando rolo de papel higiênico

Também já ensinei a fazer um quadrinho super fofo daqueles para prender as fotos com prendedor, passo a passo AQUI.

Como montar a composição e alinhar na parede
Como não queria gastar muito com isso, juntei todos os quadrinhos que tinha aqui em casa e que antes usava nas prateleiras. Futuramente quero acrescentar novos, então medi os espaços pensando nisso, mas não adiei mais, fiz com o que já tinha e comecei a montar minha composição no chão. Essa é a melhor forma para brincar com a disposição deles. Vá testando até achar um jeito que te agrade.
Composição de quadros

Antes de tudo você precisa medir a parede onde os quadros ficarão. Ache o centro dela, de onde você começará a montar sua composição.

Quando for fazer a montagem no chão, comece pelo quadro que ficará no meio, assim fica mais fácil ir acrescentando ao redor.

Sua composição pode ser simétrica ou mais dinâmica como a minha, tudo depende de como você gosta e como deseja para o espaço que escolheu montar.

Definido no chão como seus quadros vão ficar, meça também a largura e a altura total da sua composição. Lembre-se de deixar os espaços definidos caso queira acrescentar outras futuramente. O ideal é que todo o conjunto fique na altura dos olhos, nem muito perto do teto e nem muito para baixo. Se tiver uma mesa embaixo como o meu, ou sofá, ou cama, lembre-se que as pessoas estarão encostadas ali para não atrapalhar.

Defina o espaçamento entre os quadros. Eu fiz com 4 cm de distância um do outro, mas não há regra. Eu acho que a mesma medida entre eles fica mais bonito, mas já vi alguns que não fizeram assim, sem problemas.

Depois acerte os alinhamentos, se será pela lateral esquerda ou direita, por cima ou por baixo, centralizado, para que fique harmonioso e não pareça que você só jogou os quadros na parede aleatoriamente.
Composição de quadros


Hora de furar
Com as medidas feitas, marque na parede usando uma trena e lápis. Recorte em papel o formato dos seus quadros e cole na parede para acertar a posição antes de começar a furar.
Outra medida que você precisa fazer é a de onde o prego fica apoiado no quadro. Não fure baseado na altura da moldura, pois há uma distância entre ela e o gancho.

A primeira coisa que me levou a perder o medo de furar as paredes foram esses preguinhos:
Vem 10 unidades e paguei menos de 1 euro na loja dos chineses. Em lojas como Leroy Merlin também encontra. Eu os descobri por acaso e achei muito legal, pois o furo fica bem pequeno, não danifica tanto a parede e é super fácil de colocar. No vídeo eu mostrei.

O resultado final foi esse:
Composição de quadros

Como eu ainda não tenho os quadros da lateral direita, colei um pôster que tinha aqui para ficar mais centralizada a composição em relação a minha parede e a mesa.

Gostaram do resultado final?

Acompanhem o @blognamedida no Instagram para verem quando eu acrescentar minhas novas molduras e fizer novas mudanças na decoração aqui em casa!

Algumas referências
Separei algumas inspirações para vocês. Lá no Eu Capricho também já fiz um post com dicas de como montar uma composição de quadros divididos por cômodos da casa, confira AQUI 
Essa composição mescla vários tipos de artes, formatos e molduras. Inspiração para quem gosta de ousar e misturar!

A parede de trás pode ter textura ou cor também.

Nessa ideia todas as molduras são iguais, e foram alinhadas pelas laterais externas, para formar um grande retângulo, mas os espaçamentos entre os quadros variam.


Mais ideias de composições simétricas

Um quadro pode completar o outro. Ideia muito legal!

E agora algumas opções assimétricas, usando até o móvel como referência para o “contorno” da composição.


Aqui, não há espaço entre as molduras.

E se depois de tudo você ainda não tem ideia de como dispor os quadros, pode partir para as prateleiras estreitas e usa-los apenas apoiados.

Bjinhos

Deus abençoe vocês!

 “E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus:Deuteronômio 28:2

Nenhum comentário:

Postar um comentário