24 agosto 2017

Conhecendo Portugal - Cabo Espichel e Serra da Arrábida

Nesse verão decidi explorar um pouco a minha região aqui em Portugal! Moro na cidade de Almada na margem Sul do rio bem próximo à Costa da Caparica.  Também já conhecia a Lagoa de Albufeira em Sesimbra, mas ainda não conhecia a Serra da Arrábida, que fica há 40 minutos de casa. Que lugar lindo, fiquei apaixonada!

Fizemos esses passeios em dois dias diferentes, mas é possível aproveitar o trajeto e conhecer tudo no mesmo dia se você tiver pouco tempo.
Recomendo que vá a praia primeiro bem cedo e no final da tarde, na volta, passe para conhecer o Cabo Espichel.

Cabo Espichel
Daqui de cima temos uma vista incrível! O vento é bastante forte, mas vale a pena a visita. Aqui também fica o Farol do Cabo Espichel construído em 1790, um dos mais antigos do país. Tem um alcance luminosos de 26 milhas e sua torre tem 32 metros de altura.


Você pode caminhar nas trilhas ao seu redor para apreciar a paisagem e tirar muitas fotos!

Paramos primeiro no farol e depois voltamos com o carro e paramos novamente na área do Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, também conhecido por Santuário de Nossa Senhora da Pedra de Mua do séc. XVIII.

O que vemos ao fundo é a cidade de Lisboa e do outro lado vemos o farol, uma visão muito ampla, bem legal!

Também temos a vista da Praia do Lagosteiro onde podem ser vistas numa das falésias pegadas de dinossauros, mas não descemos até lá.
Praias da Serra da Arrábida
As praias protegidas pela serra tem águas tranquilas e transparentes! A água é fria, mas consegui entrar tranquilamente, porque geralmente na Costa da Caparica, com o vento que faz, não consigo e aqui por acaso não estava ventando. Não sei se foi só no dia ou se com a barreira da serra venta menos mesmo, mas adorei!

Um dos pontos negativos é o acesso. A rua é bem estreita e praticamente não se acha lugar para estacionar e quando consegue tem que andar mais de 1 km para chegar a praia e em algumas ainda é preciso fazer uma trilha.

Detalhe, durante o verão, a circulação entre a praia da Figueirinha e a praia do Creiro é em sentido único entre as 9h e 19h.  Não sabíamos desse detalhe então tivemos que parar mais longe, tem que chegar bem cedo!
Para a praia do Creiro há estacionamento pago, mas também já não tinha vaga, chegamos em torno das 10h30 de um sábado, então já viram como fica né?
Há 6 praias para explorar aqui, na sequência: Portinho da Arrábida, Praia do Creiro, Praia dos Coelhos, Praia dos Galapinhos,  Praia dos Galapos e Praia da Figueirinha.
 A praia dos Coelhos e de Galapinhos tem acesso mais difícil pelo meio do mato, as demais tem escadas! Acabamos ficando só na do Creiro e na Galapos que foi a minha preferida!

A dica é estacionar o carro e fazer os trajetos a pé, veja se você quer conhecer todas as praias ou ficar relaxando só em uma porque tem que andar bastante e não tem sombra no caminho!

Praia Galapos
Tem uma longa escada para descer e fica bem escondidinha, pelo que vi tem mais de um acesso, então fique atento para não passar da entrada porque quase fizemos isso! hehehe


Há restaurantes e guarda-sóis para alugar caso queira. Nós levamos nosso kit pra economizar!
A areia é fofa e clarinha e a água super transparente, vi até peixinhos. Não tem ondas, é ótima para as crianças!




Praia do Creiro
Para chegar a praia do Creiro é só descer a rua ao lado do estacionamento. Também é uma boa descida, mas de fácil acesso!
Também possui restaurante e aluguel de guarda-sóis, mas dentro do mar tem pedras que achei bem incômodas, a de Galapos é mais gostosa de ficar!

Aquelas casinhas que dá para ver ao fundo é o Portinho da Arrábida!
Ainda não conheci as praias do Algarve, mas das de Lisboa em que já fui essas são as melhores, recomendo a visita!

“Senhor, que é o homem para que te importes com ele, ou o filho do homem para que por ele te interesses? O homem é como um sopro; seus dias são como uma sombra passageira.” Salmos 144:3-4

Nenhum comentário:

Postar um comentário