02 outubro 2015

Novidades e reflexão sobre Fotografia

Eu adoro fotografar! Atualmente tem sido mais como hobby, mas é sempre bom exercitar! Fotografar não depende só de conhecimentos técnicos e de uma boa câmera, mas também de um olhar aguçado. Antes de ler o post, já comece refletindo nessa frase de Cartier Bresson, um grande fotógrafo francês do século passado:
Tudo começou quando vi duas novidades sobre o mundo fotográfico e aproveitei para compartilhar com vocês.

Uma delas é a nova Polaroid! Lembro bem quando eu tinha uns 12 anos e fiz uma foto numa máquina dessas de um colega! Como era bom poder ver a foto na hora em que ela foi feita!
Hoje em dia, com os celulares fazendo tudo, e você podendo visualizar na tela no mesmo momento em que fotografou, acabamos perdendo o hábito de imprimir as fotos. O problema é que elas se perdem no computador ou nas redes sociais. Imagina daqui uns 10 anos se você quiser mostrar uma foto para seu filho, por exemplo, você sabe onde encontra-la?

Sei que com essa facilidade tiramos muuiiiitaas fotos, mas antigamente não imprimíamos 36, que era a quantidade que vinha no filme? Faça uma seleção com as melhores fotos, e essa é vantagem de poder visualizar antes! Imprima, monte um álbum, coloque em porta retratos, eternize os momentos para mostrar para as pessoas e guardar por gerações. Eu costumo fazer isso e adoro pegar os álbuns e ficar foleando e relembrando aqueles momentos!

A nova Polaroid Snap não precisa de tinta para impri­mir as fotografias, ela recorre ao calor para ati­var os cris­tais de cor pre­sen­tes no papel foto­grá­fico. Imprimi fotos no formato 2x3, possuí 10 mega­pi­xeis e inclui entrada para car­tões microSD até 32GB, além do modo “Photobooth”, que per­mite tirar seis foto­gra­fias em dez segun­dos. Os modos de cap­tura de ima­gem são três: a cores, preto e branco e vin­tage. A desvantagem é que ela não possuí zoom.
Se você se interessou, a Polaroid Snap deverá che­gar ao mer­cado no fim de 2015 por 100 dólares.


Outra novidade é a Câmera Restrita, uma criação do designer alemão Phillip Schmitt, uma máquina fotográfica produzida numa impressora 3D que se recusa a captar a foto se ela for igual às outras que circulam na internet, comparando-as online. Não sei se ela está a venda, mas achei a ideia muito interessante. AQUI tem um vídeo dela em funcionamento.

Ela mostra quantas fotos foram feitas naquele lugar e não permite que você faça mais uma!


Quando eu fotografava casamentos, sempre tínhamos a dificuldade de fazer os mesmos lugares parecerem diferentes. Agora, aqui em Portugal, fazer fotos dos pontos turísticos também é um desafio, porque são muito visitados e sempre tem fotos iguais dos mesmos lugares.

Então vamos lá! Desafio vocês a exercitarem o olhar quando for fotografar. Deixe um pouco de lado as selfies e os mesmo ângulos. Ainda que você utilize o celular, mude a posição, se abaixe, veja de outro ângulo, com certeza seus registros vão ganhar um valor mais especial, aí vai dar ainda mais gosto imprimi-las e mostrar para seus amigos e familiares!

“São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso." Mateus 6:22

Nenhum comentário:

Postar um comentário