15 abril 2016

Economizando nas compras de roupa - Parte 1

Uma das formas mais eficazes de economizar é deixar de comprar! Convenhamos, muitas vezes nós compramos não porque precisamos, mas porque gostamos de ter uma peça nova, ou então por ser uma forma de distração para o estresse do dia a dia. Não há nada de errado em consumir, o problema é quando isso ocorre de forma exagera e atrapalha as finanças e outros setores da nossa vida.

Você não precisa de 20 pares de jeans para ser feliz! Imagine se você juntasse todo o dinheiro que gasta com roupas para fazer um programa diferente no final de semana ou uma viagem legal?

Pergunte-se: será que eu preciso mesmo comprar algo novo? Acompanhe minhas dicas e você vai conseguir responder melhor a essa questão!


#1 Use tudo o que você possui. Faça uma análise, arrume seu guarda roupa  e veja se tem alguma peça perdida ou que você já não usa há algum tempo, mas antes de pensar em doar pense em como você pode reaproveita-la!  Não fique esperando ocasiões especiais, use tudo o que você tem, mas claro, siga o bom senso, também não precisa ir trabalhar com um shortinho de praia!

#2 Pegue roupas emprestadas. Se você precisa de uma roupa especial para um evento ou casamento, que tal emprestar de alguma amiga ou parente? Assim você não precisa gastar com algo novo, que quase não vai usar, e ainda não repete nenhum look!

#3 Customize suas roupas! Antes de sair doando tudo, analise bem as peças que pretende se desfazer, talvez uma calça possa virar shorts, um vestido vira saia, ou talvez alguma peça só precise de um pequeno ajuste para que você possa usar novamente. Levar na costureira para pequenos arranjos fica sempre mais em conta do que comprar algo novo.
Se você ainda tiver jeito para costura pode até comprar tecidos e confeccionar suas próprias roupas!

#4 Teste novas combinações. Mesmo se não transformar a roupa, tente usá-las de forma diferente do que você está habituada. Uma mesma peça te dá várias possibilidades . O que ajuda muito é se inspirar em outros looks usando o Google ou o Pinterest. Você pode até montar seu próprio guarda roupa virtual! Eu fotografo meus looks e vou salvando lá, parece bobagem, mas facilita muito! Quando estou na dúvida do que vestir dou uma olhada em como em posso fazer uma combinação diferente com aquelas peças ou mesmo repetir uma combinação que já fiz e gostei. Visualizando o todo percebo que tenho várias roupas e não fico reclamando.

#5 Aproveite as roupas que você ganha de presente (sejam novas ou usadas). Claro, se você ganhar algo novo que não gostou ou não serviu e tiver a possibilidade, troque, mas se não tiver ou se for um item usado você pode fazer esse teste. Eu sempre ganho roupas que se eu fosse na loja eu não compraria, mas como ganhei, acho formas de usar, desde que sirva e eu goste da peça. É o caso desse casaco de pelos, eu nunca compraria, mas quando uma amiga me deu, já fiquei pesando em várias formas de usa-lo na minha realidade e para minha surpresa achei várias possibilidades e gostei muito!

Mais uns looks para vocês terem uma ideia de como reaproveitar. A ideia é sempre multiplicar seus looks combinando as peças que você já tem de várias formas diferentes!

Sobrepor peças é a melhor dica para criar novos looks sem precisar fazer muita coisa!
1 – Ganhei esse blusão que parece até um vestido, para usar ele dessa forma coloquei um cintinho e consegui montar várias combinações com ele como sobreposição.
2 – Ganhei o poncho, também já usei com várias calças e sapatos diferentes, ao invés de usar sempre uma blusa ele ajuda a dar uma variada.
3 – Ganhei esse maxi cardigã e só tinha usado ele com calça e camisetinha lisa, fui testar com esse vestido que eu já tinha e adorei essa nova maneira de usar!
4 – Ganhei esse vestido, aqui parece uma saia, mas essa era a ideia! Montei um mix de estampas baseada em inspirações na internet e criei sobreposições com a camisa e mais a malha, amei o resultado!
Esses looks estão todos no Pinterest. Me sigam lá para acompanhar! 

#6 Cuide bem de suas roupas. Respeite os símbolos nas etiquetas sobre como lavar, passar e secar. Também guarde dobrado ou pendurado de forma adequada. Isso irá garantir com que elas durem mais tempo e que mesmo quando você se desfizer, outras pessoas terão condições de usar.
Uma sugestão, se a roupa não estiver suja ou fedida, é pendurá-la para arejar e guarda-la para usar mais algumas vezes antes de lavar. Quanto menos lavar, menos a roupa se desgastará.

#7 Aproveite as roupas até o fim. Mesmo quando a roupa já está mais velinha e não quero usar para sair, ainda uso mais um tempo para ficar em casa ou por baixo, como segunda pele. Mas só faça isso se a roupa ainda estiver em boas condições. Também não precisa ficar tão relaxada em casa!

#8  Doe. Depois de toda essa análise, se não tiver mesmo como continuar com a roupa, então pode doar! Faça isso pelo menos uma vez por ano, não deixe acumular. O que não te serve mais, outras pessoas podem fazer bom proveito, e para elas será uma roupa nova!
Aqui existem containers espalhados nas ruas onde você pode depositar suas roupas, sapatos etc e eles fazem a coleta e destinam de forma adequada, se é lixo, se vai para doação ou se vai para bazares que arrecadam o dinheiro para alguma obra social. Um deles é o da Humana Portugal.

Procure uma instituição em sua cidade, ou então doe para pessoas que você conhece, faça trocas com as amigas e até quem sabe, monte seu próprio bazar para arrecadar uma graninha! Existem até sites em que é possível fazer essas vendas online como o Enjoei .

Lembre-se, conhecer-se é o primeiro passo para se (re)inventar na maneira de vestir.

Hoje falamos em como economizar usando o que já possuímos, no próximo post falaremos de como economizar na hora das compras!

Deus abençoe vocês!

“Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” Mateus 6:31-34

Nenhum comentário:

Postar um comentário