20 novembro 2015

Meia-calça – tipos e como usar

Sei que na maior parte do Brasil o calor predomina, mas aqui já estamos com dias bem fresquinhos de outono e uma ótima peça para usar nessa época é a meia-calça!

Elas ajudam a levantar o look e ainda são ótimas para os dias em que a depilação não está em dia,  assim você cria novas combinações, ao invés de só usar calça.


Com que sapato e cor de roupa usar
Prefira combinar a meia com o sapado ao invés de combiná-la com a roupa. Você pode brincar com os contrastes na parte de cima, por exemplo, usar meia-calça e sapato pretos com saia de lã branca.
Como o marrom e o preto são cores neutras, é possível brincar e ousar no tom da roupa, que pode ser desde nude até pink.
Mas se quiser usar um sapato de cor diferente da meia, então faça um link com uma cor da roupa para não ficar estranho. E lembre-se, principalmente em casos de sapatos bem mais claros que a meia, a silhueta será cortada e pode “encurtar”, principalmente com botas de cano mais alto. Nesse caso prefira as ankle boots ou sapato que tenham o peito do pé livre.
Montei 2 composições com meias que tenho aqui para exemplificar para vocês. Em uma usei o sapato da cor vermelha fazendo um link com o vestido. Apesar de não estar acostumada a usar assim, achei que não ficou tão estranho. Já a outra composição com sapato e meia mais claros não ficou legal.
Espessuras de meia para cada ocasião
O que define a espessura da meia é o número de fios que ela possuí. Existem diversas espessuras desde as mais grossas para os dias mais frios, até as bem fininhas que proporcionam um toque sensual ao visual.

Nos dias mais frios, a meia-calça pode transformar aquele look de verão em um look de inverno, desde que seja priorizado a harmonia com os calçados escolhidos.
Finas (fio 7 ao 20) – deixam a pele a mostra e não protegem muito no frio. As de cor da pele causam um efeito bem natural, já as pretas se encaixam perfeitamente com looks mais formais.
Médias (fio 21 ao 50) – não é tão transparente, mas também não esconde a pele por completo. Nesse caso a cor da pele pode causar um efeito meio artificial, as escuras já são mais adaptáveis e podem ser usadas tanto para o dia quanto para eventos a noite.
Grossas (fio 60 até 280) – Essas são as mais indicas para o inverno. Elas podem até ser confundidas com legging, sendo ótimas opções para o dia a dia, principalmente se usada com botas. Em looks mais formais ela não se encaixa muito bem, pois não correspondem com leveza dos tecidos. Para o frio, vale usa-las por baixo das calças jeans também como segunda pele!

Meias finas
Meia calça preta é um clássico. Ajuda a alongar a silhueta e ajuda a afinar as pernas. Fica legal contrastar com vestidos de cores mais claras para sair do básico preto com preto.

Já a meia pó de arroz, que é transparente, é ótima para disfarçar imperfeições na pele e pode ser usada com roupas de verão. Mas atenção: pó de arroz não é a mesma coisa que bege. Existem diversos tons de meia para cada tipo de cor de pele, então escolha a que mais se parece com o tom real da sua para que não destoe da tonalidade do restante do corpo, afinal a ideia é parecer que está sem a meia-calça. Elas também são ótimas para modelar a área da cintura e bumbum, já que dão uma apertadinha e disfarça as gordurinhas indesejadas e também escondem costuras ou marcações na pele causadas pela calcinha.
Existe alguns modelos que vão só até o peito do pé, deixando os dedos livres. É perfeito para ser usado com sapatos abertos.
E aqui, meus looks com meia fina preta e transparente (aqui ela parece um pouco mais clara que minha pele por causa da luz).
Meias grossas e térmicas
Para usar meias grossas com cara de inverno, é importante que o look todo tenha o mesmo peso. Aposte nos calçados com tiras grossas, botas e scarpin, além de tecidos de inverno, como a camurça e o veludo. O peep toe, apesar de mostrar as pontas dos dedos, pode ser usado sem problemas e fica bastante elegante com a meia-calça também!

Para deixar as pernas mais alongadas, o sapato deve ser da cor da meia, ou o mais parecido possível!
Tenho uma meia fio 80 e uma térmica, dá para perceber que a térmica é fofinha por dentro? Mesmo em lugares muito frios você pode montar composições com meia-calça, é só escolher a certa!
Meias coloridas
A meia colorida vai ser o ponto de atenção do look, por isso o ideal é combiná-la com tons neutros como o cru, bege, marrom, caramelo, preto ou cinza.
Nesse caso, o ideal é que a meia seja lisa. Já os sapatos devem combinar com a cor da roupa, ou, se você for mais ousada, combinar com a cor da meia.
As meias claras tendem a aumentar a região das pernas, portanto se essa não é sua intensão, é bom evita-la. Prefira tons de cinza e off white, mas não as totalmente brancas, pois dão um aspecto de enfermeira.

Eu não tenho nenhuma meia-calça colorida, só tenho uma canelada nos tons de cinza e marrom que vou mostrar aqui no próximo tópico!
Meias estampadas e de renda
Meia-calça de renda dá uma pitada de sensualidade, mas deve ser usada mais no final do dia ou a noite e não no trabalho. Combina-la com um vestido preto básico eleva o look a outro nível.
Porém, esse tipo de meia é a mais difícil de combinar e dependendo da estampa pode aumentar a perna, nesse caso, as melhores são as de fundo escuro. Prefira estampas mais simples, como poá. Outro truque é combinar a meia estampada mais fina, com outra meia lisa na mesma cor por baixo, assim diminui o  contraste em relação a pele. O ideal também é que quando a meia for estampada, a roupa seja lisa.

 Eu tenho essa canelada, com listras na vertical bem discreta, então não influencia no aumento da região. Ela tem tons de marrom e cinza e fica bom com sapatos nessa cor (mas não tenho nenhum cinza...)
Já a de renda fica melhor com scarpin num look mais arrumadinho. A minha é bem grossa e a estampa fica bem discreta. Na verdade ela é do tipo 3/8, mas nem parece, dá pra usar tranquilamente com saias e vestidos!

Confesso que não sou uma pessoa que usa muito meia-calça, mas que ela é ótima para variar um pouco das calças jeans, isso é! E vocês, gostam?

Deus abençoe!

Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.
Ora, sem fé é impossível agradar-Lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe, e que é galardoador dos que O buscam. Hebreus 11:1,6

Nenhum comentário:

Postar um comentário