09 julho 2015

Passeio pela Baixa-Chiado + Look

E hoje vamos ter mais um passeio! Um dia desses fomos no consulado brasileiro aqui em Portugal e já que é longinho de onde moramos, aproveitamos para ir mais cedo e dar uma volta pela Baixa – Chiado, o centro da cidade de Lisboa, onde o consulado fica localizado.

Mais para frente faço um post mais detalhado dos pontos turísticos de lá, porque tem muitos! Nós só ficamos andando pelas ruas mesmo e explorando os cantinhos ainda desconhecidos para nós!






















Como moramos em Almada, que fica do outro lado do Rio Tejo, fomos de carro até certo ponto e pegamos o metro, porque no centro da cidade é bem difícil de estacionar e as ruelas são bem estreitas, para quem não está acostumado e não conhece nada da região é bem ruim andar por lá de carro, rss. Descemos na estação da Baixa-Chiado saindo na rua do Crucifixo.




Logo alí tem uma loja da H&M home que eu não conhecia, no shopping só tem a parte de roupa. Tem muita coisa linda, mas os preços da Primark são melhores. Não comprei nada, só fiquei babando!

Cruzamos a rua Augusta, que é a principal do centro de compras de Lisboa. No fundo dá para ver o arco, lá fica localizada a Praça do Comércio . Não descemos até lá desta vez, fica para um próximo passeio!


As ruas são cheias de lojinhas que vendem lembrancinhas e bugigangas que os turistas adoram e nós também! Comprei 2 óculos de sol 5€ cada! Bem baratinho. Fiquei apaixonada por esse bondinho amarelo, mas custava 20€, não deu para levar...


E atravessando uma rua e outra chegamos na Praça Don Pedro IV (para nós brasileiros Don Pedro I)  ou Praça do Rossio.

Vejam o desenho das calçadas de pedra Portuguesas, é o mesmo das de Copacabana no Rio de Janeiro!

Teatro Nacional D. Maria II
Aqui também fica a estação ferroviária do Rossio, linda arquitetura!

Olhando ao redor vemos as Ruinas do Convento do Carmo (visitamos ela quando viemos em novembro a passeio, também falo mais num próximo post!)


 E claro que aproveitei para fotografar o look! Para quebrar a monotonia do P&B, usei uma calça azul (aquele azul klein que fez bastante sucesso em algumas temporadas atrás e que eu adoro). A blusinha é básica, listrada, mas tem uma golinha diferente, a gola peter pan, que dá um charminho. 

Nos pés, meu tenis slipper preto com pedras! Muito conforto para andar!



Atravessando para o outro lado chegamos na Praça da Figueira. A estátua é de Don João I . Dali vemos o Castelo de São Jorge lá em cima! (conto mais em um outro post tb!)



Agora as festas já acabaram, mas quando fomos ainda estava em época de festa junina, as ruas estavam todas decoradas e tinha barraquinhas vendendo os famosos vasinhos de manjericão! Aqui é costume presentear esses vasinhos com mensagens de amor, como o correio elegante brasileiro. A festa junina daqui é bem diferente do que vemos no Brasil, tando as danças, trajes, decorações, como a comida!
Voltamos sentido a rua Augusta e chegamos ao Elevador de Santa Justa ou Elevador do Carmo. Ele é o único elevador vertical em Lisboa, tem 45m de altura! Funciona como um transporte público que sai ali da Baixa e vai para o Largo do Carmo onde está o Convento do Carmo que falei mais acima.

Não fomos por ele, mas fiquei com vontade! O Bilhete custa 5€ adquirido a bordo. É válido até 2 viagens e inclui acesso ao Miradouro, lá no topo!


Pausa para o almoço! Fomos ao Feel Rio (Veja a Fanpage), um restaurante brasileiro com comidinhas que não encontramos aqui em nenhum outro lugar: pastel, caldo de cana, açaí, sucos de frutas brasileiras, entre outras guloseimas! Ele fica logo na saída do metro, na rua do Crucifixo. Já estava com saudade disso! Comemos pastel de calabresa, carne-seca, palmito, caldo de cana e açaí de sobremesa! hummm

Meus novos óculos espelhados!
Para chegar no consulado, que é no Chiado, só tem duas formas: pelo elevador de Santa Justa ou atravessar pelas escadas rolantes do metro. Escolhemos essa segunda opção!

 (Em vermelho os lugares citados no post)

Saindo do metro já chegamos à Praça Luis de Camões , o prédio atrás é onde fica o consulado brasileiro.
A foto da direita é a vista lá de cima do prédio do consulado.

Mostrando o detalhe da abertura da calça, acho lindo esse zíper na barra! Fora que ajuda na hora de vestir! 

E mais decoração de festa junina
Alí próximo a praça você sempre encontra uma fruta da época, tinha uma barraca cheia de cerejas, esqueci de fotografar... Quando fomos em novembro eram as castanhas portuguesas assadas!

Andamos pelas redondezas passando pela rua Garrett onde fica o Café a Brasileira, fundado em 1905, vendia o "genuíno café do Brasil" e do qual Fernando Pessoa era assíduo frequentador, até o Armazém do Chiado que é um shopping.

E os famosos elétricos! Ainda não andei neles também, mas ficam lotados, o pessoal usa bastante!

Tá sem grana para fazer uma viagem? Aproveite aquela ida ao médico, ou a um outro lugar que você precisa ir, viva cada momento, ande por ruas que você ainda não conhecia, explore! Você vai ver como a sua cidade ainda tem muito para você curtir. Esse trajeto todo de passeio que mostrei aqui durou no máximo 1h, tirando o tempo que paramos para almoçar!

Sei que aqui na Europa tudo é histórico e em cada lugar que você vai tem mais para conhecer, mas vim de uma cidade do interior de São Paulo, nunca fui de viajar muito, então sempre praticava isso, e é muito bom! Experimente!

Deus abençoe vocês!

“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.” Mateus 6:34 

Calça e blusa – C&A 
Slippers – Riachuelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário